Desesperado, comércio iguaçuano tenta tirar Rogerio Lisboa da inércia

2
92
A movimentada rua Dom Walmor às moscas nesta sexta-feira.

Os presidentes das três principais associações comerciais de Nova Iguaçu remeteram mensagem ao Prefeito Rogerio Lisboa pedindo reabertura do comércio e das demais atividades econômicas. A ACINI, a CDL e o SINCOVANI reagiram à arbitrariedade do prefeito que fechou o comércio no último sábado (21/03), porém não se manifestou mais sobre a situação.

Carta ao Prefeito.

Os empresários iguaçuanos têm se organizado nos últimos dias para tentar obter uma resposta de Rogerio Lisboa. Além de fechar o comércio, Rogerio colocou a fiscalização na rua para multar os comerciantes que estivessem trabalhando.

A relação de Rogerio Lisboa com a atividade econômica não é boa. Desde o início de sua gestão, Rogerio dificultou muito os investimentos e atividade empresarial no município, levando a cidade ao recorde de desemprego.

Pela cidade diversos empreendimentos fecharam, alguns com décadas de funcionamento. Para piorar, recentemente Rogerio Lisboa fez aprovar Lei Complementar que cria o incentivo à multa das empresas para os fiscais do município.

A mensagem assinada por Renato Jardim, Claudio Rosemberg e Antonio Alpino, estabelece a data de 31/03 para a retomada da atividade comercial na cidade e exorta o prefeito à ação.

Além da mensagem das associações empresariais, comerciantes apoiadores do Presidente Bolsonaro fizeram uma grande carreata nesta sexta-feira (27/03) contra o fechamento do comércio na cidade. Outra carreata está marcada para amanhã (28/03), porém esta não será de empresários. Está sendo organizada por pré-candidatos a vereador e à prefeitura.

Carreata de empresários apoiadores de Bolsonaro.

Até o fechamento desta matéria, o Prefeito Rogerio Lisboa não se manifestou sobre a mensagem e os protestos do empresariado.

2 COMMENTS

  1. VOCÊS ESTÃO MUITO CERTOS QUEM CARREGA O BRASIL NAS COSTAS SÃO NOSSOS IMPOSTOS. SEM TRABALHO SEM IMPOSTOS. ESSES CANALHAS QUEREM FALIR A NAÇÃO. E TIRAR RECURSOS DO GOVERNO FEDERAL. SÃO CANALHAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here