InícioLei e governoLula faz declaração humilhante contra categoria de trabalhadores e mulheres

Lula faz declaração humilhante contra categoria de trabalhadores e mulheres

Publicado

O petista Lula da Silva fez declarações odiosas nesta quarta-feira (07/02) contra trabalhadores em função mais humilde e contra as mulheres. Lula humilhou a categoria de ajudante geral que, de acordo com sua fala, não é atrativo para as mulheres. Além disso, na fala, Lula coloca o condicionante da condição financeira do homem como decisiva para a escolha das mulheres sobre seus parceiros.

A declaração ocorreu durante discurso na cerimônia de lançamento da pedra fundamental do campus do Instituto Federal do Rio de Janeiro no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro. No contexto, Lula falava sobre a importância de ter uma profissão. Para ele, quem não tem profissão se tornaria ajudante geral, função a que se referiu com desprezo. De acordo com o petista, “nenhuma mulher quer namorar um ajudante geral“.

Se a gente não tiver uma profissão, vai ser ajudante geral. E ajudante geral não ganha nada. Nenhuma mulher quer namorar com um cara que mostra a carteira de trabalho, qual é sua profissão? Ajudante geral. A mulher fala: ‘pô, cara, nem uma profissão você tem, para levar arroz e o feijão no final do mês…’ Então, tem que estudar“, disse o atual ocupante da cadeira de Presidente da República.

Até a publicação desta matéria, nenhum sindicato ou central sindical se pronunciou contra a humilhação de Lula contra a categoria de trabalhadores ou às mulheres.

ASSISTA ABAIXO A FALA DO PETISTA:

______

Em seguida, leia também:

Últimos Artigos

Adolescente denuncia assédio de ativista LGBT+ em banheiro público

Um adolescente de 13 anos relatou ter sofrido assédio de ativista ligado à causa...

STF banca segurança para ministro na final da Champions League

O Supremo Tribunal Federal (STF) desembolsou R$ 39 mil em diárias internacionais, para um...

Ex-funcionária de Caetano Veloso entra com processo trabalhista contra o cantor

Uma ex-governanta da residência de Caetano Veloso e Paula Lavigne (esq. da foto), está...

Castração química é aprovada na CCJ do Senado

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado aprovou, nesta quarta-feira (22/05), o...

Mais notícias

Adolescente denuncia assédio de ativista LGBT+ em banheiro público

Um adolescente de 13 anos relatou ter sofrido assédio de ativista ligado à causa...

STF banca segurança para ministro na final da Champions League

O Supremo Tribunal Federal (STF) desembolsou R$ 39 mil em diárias internacionais, para um...

Ex-funcionária de Caetano Veloso entra com processo trabalhista contra o cantor

Uma ex-governanta da residência de Caetano Veloso e Paula Lavigne (esq. da foto), está...