Tratamento precoce tem aprovação da maioria do comitê científico do RJ

0
1541
Foto: Divulgação.

Composto por dez médicos e cientistas, o comitê de suporte científico do Governo do Estado do Rio tem a aprovação de seis de seus membros para o uso do tratamento precoce nos hospitais fluminenses.

Criado pelo governador Claudio Castro para enfrentamento da pandemia de COVID-19, o comitê já tem maioria de defensores do protocolo preventivo.

Apesar dos bons resultados em diversas cidades brasileiras, o tratamento precoce tem opositores e defensores entre médicos e cientistas. Porém, apenas o entendimento dos que se opõem ao tratamento precoce são considerados válidos pela imprensa.

A massificação pelos meios de comunicação do negacionismo em relação ao tratamento fez com que muitas pessoas ofereçam resistência ao uso dos medicamentos que não implicam em risco à saúde se feitos sob prescrição médica.

Os defensores do tratamento precoce do comitê científico fluminense acreditam que a adoção do protocolo poderá salvar muitas vidas.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here