Rogério Lisboa contrai novo empréstimo e faz dívida de Nova Iguaçu explodir

0
17
Rogério Lisboa recorre mais uma vez a empréstimos para fechar contas. Foto: Site da Prefeitura.

Em sessão realizada nesta terça-feira (03/03) na Câmara Municipal de Nova Iguaçu, os vereadores autorizaram o Prefeito Municipal a contrair mais um empréstimo, desta vez da ordem de R$ 54.000.000,00 (Cinquenta e Quatro Milhões de Reais).

Com mais este empréstimo, o endividamento municipal contraído pelo Prefeito Rogério Lisboa já chega a cerca de R$ 300 milhões de reais. O detalhe é que montante começará a ser pago entre 2022 e 2032 e recairá sobre outros prefeitos, além de onerar o povo de Nova Iguaçu por uma década.

A justificativa para o empréstimo é de que este valor será utilizado em obras públicas. Entretanto, não foram especificadas que obras serão.

A sessão da Câmara Municipal que aprovou o empréstimo poderia ser comparada a um circo, tamanha desordem, balbúrdia e falta de compromisso e respeito dos vereadores com o decoro e com a compostura que se exige dos representantes do povo.

A sessão teve “parabéns pra você”, vereador de peruca e uma declaração inacreditável. Diante do protesto da Oposição quanto ao alto endividamento da Cidade, o líder do Governo na Câmara, o Vereador Alexandre da Padaria, respondeu: “R$ 300 milhões de reais não é dinheiro”.

Para o Vereador Alexandre da Padaria, “R$ 300 milhões não é dinheiro”. Foto: TSE.

A indignação a respeito da série de empréstimos se justifica por vários motivos. A ausência de um motivo concreto para os empréstimos, os gastos excessivos da Prefeitura com publicidade na imprensa que não se justificam para um governo que está em dificuldades financeiras e a situação em geral da cidade que não melhora.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here