Professora morre na Espanha após ser vacinada

0
42

A morte de uma professora de 43 anos ocorrida na Espanha depois de ter sido vacinada contra a COVID-19 está sendo investigada pelas autoridades sanitárias daquele país.

Segundo a agência Efe, apesar de não possuir nenhuma doença pré-existente, a mulher faleceu depois que tomou a vacina produzida pela AstraZeneca.

A vacinação ocorreu no dia 03 de março e nos dois dias subsequentes a professora faltou ao trabalho após sentir-se muito mal, relatou o diretor da escola em que ela trabalhava.

Retornou ao trabalho em 08 de março com fortes dores de cabeça. No último sábado (13/03) foi ao hospital, onde na segunda-feira foi detectado o quadro de hemorragia cerebral. A professora foi submetida a uma cirurgia, porém não resistiu. Deixa dois filhos.

Outros três casos também estão sendo investigados. Quase um milhão de pessoas foram vacinadas com esta vacina no país. A Espanha suspendeu a vacinação com o fármaco da AstraZeneca.

As informações são da agência Efe da Espanha e do Diário de Notícias de Portugal.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here