Presidente da Palmares processará Martinho da Vila por frase racista

0
401
Fotos: Reprodução da TV e Divulgação.

O presidente da Fundação Cultural Palmares, Sérgio Camargo informou nas suas redes sociais que entrará com uma ação contra o cantor Martinho da Vila pedindo danos morais depois de o sambista ter feito uma declaração racista em relação a ele. A frase racista foi dita durante entrevista ao programa Roda Viva, na última segunda (16/08).

Durante a entrevista, Martinho disse que a fundação teria sido “criada para tratar dos assuntos da cultura negra“, mas que agora é comandada por “Camargo, bolsonarista radical“. “Ele é um preto de alma branca, como se diz“, continuou. “No duro, ele gostaria de ser branco. Ele acha que ele é branco. Ele se sente branco. E ‘tem que acabar com essas coisas todas de preto”.

Na publicação, Camargo informa que ingressará também com outra ação, na esfera criminal, ainda nesta semana, pelo crime de racismo.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here