Pai do menino Henry desabafa: “era sempre ela na frente e todo o resto para trás”

0
1185
Foto: Reprodução da Internet.

O engenheiro Leniel Borel, pai do menino Henry, afirma em entrevista à edição de domingo (11/04) do Extra que a ex-mulher sempre quis mais e tinha personalidade egoísta e narcisista.

Leniel afirma que não consegue aceitar como uma mãe seguiu dormindo com o criminoso que matou o próprio filho, nem como permitiu que o vereador seguisse em contato com o filho após saber pela babá que seu companheiro agredia a criança. “Por que ela não falou sobre isso comigo? Eu poderia sumir com o Henry e deixá-la investigar, conhecer melhor o Jairinho“.

Monique, mãe de Henry e Dr. Jairinho. Imagem: Youtube.

Ainda que não aceite, Leniel afirmou saber a razão para ela ter aceitado tudo o que aconteceu: “A ganância é muito clara pra mim. Ela trocou a vida que tinha em Bangu para viver em um condomínio de luxo na Barra da Tijuca. Passou a ter um bom emprego. Imagino que o que a gente tinha não era muito bom pra ela. Eu dei carro, dei cartão de crédito. Não foi o suficiente“. E completou: “Está muito claro para todo mundo que Monique sempre quis mais. Era sempre ela na frente e todo o resto para trás“.

Segundo o jornal O Dia também deste domingo (11/04), Jairinho foi à festa de aniversário de sua irmã poucas horas após morte do enteado.

__________

Leia outras matérias do Nova Iguaçu 24h:

Suspeito de infanticídio, Dr. Jairinho passa mal na cadeia

Suspeito de matar enteado, vereador do Rio é preso

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here