Novo Capelão-Chefe de Harvard é um ateu

1
591
Foto: Reprodução da Internet.

Greg Epstein, de 44 anos, assumiu o cargo esta semana, tornando-se o primeiro ateu eleito presidente da organização de capelães de Harvard. “Estou grato e honrado”, escreveu no Twitter.

Epstein é o capelão humanista de Harvard desde 2005 e é o autor do livro best-seller “Good Without God: What a Billion Nonreligious People Do Believe” (“Ser bom sem Deus: no que um bilhão de pessoas não religiosas acreditam”, em tradução livre).

O novo capelão-chefe liderará um grupo de mais de 40 capelães que representam cerca de vinte religiões e crenças diferentes, incluindo o cristianismo, o judaísmo, o hinduísmo e o budismo.

A sua nomeação ocorre numa altura em que os jovens nos Estados Unidos se identificam cada vez mais como espirituais, mas sem afiliação religiosa.

Há um grupo crescente de pessoas que não se identificam mais com nenhuma tradição religiosa, mas ainda sentem uma necessidade real de conversa e apoio em torno do que significa ser um bom ser humano e viver uma vida ética”, disse Epstein ao The New York Times. “Não esperamos respostas de um deus. Somos as respostas uns dos outros“, acrescentou.

Um estudo do Pew Research Center de 2019 revelou que os Estados Unidos continuam a ser um país predominantemente cristão, com 43% da população inquirida a identificar-se como protestante e 20% como católica.

Mas mais de um quarto dos inquiridos ​​(26%) descreveu a sua identidade religiosa como ateísta, agnóstica ou “nada em particular”, num grande crescimento face aos 17 por cento em 2009.

Epstein, nascido numa família judia em Nova York, também é capelão humanista no Massachusetts Institute of Technology (MIT), outra grande universidade na área de Boston, desde 2018.

A Universidade Harvard, fundada em 1636 para treinar o clero protestante, é a instituição de ensino superior mais antiga dos Estados Unidos.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here