Mulher de João Doria usou recursos da Lei Rouanet para expor em Miami

2
200
Foto: Reprodução da Internet.

A primeira-dama do Estado de São Paulo, Bia Doria, de 60 anos, captou 400 mil reais no ano de 2014 pela Lei Rouanet para fazer uma exposição em Miami. A informação é do site DCM. Segundo apurado pelo site, Bia conseguiu autorização na ocasião para captar até 1,79 milhão para seu projeto, mas só conseguiu 22% do valor. Em 2018, seu marido declarou à Justiça Eleitoral possuir um patrimônio de quase 200 milhões de reais.

Na ocasião, Dilma Rousseff era a presidente do Brasil. A maior parte dos recursos veio através de renúncia fiscal das empresas Souza Cruz e WEG que deixaram de recolher impostos para doar para a mulher de João Doria expor suas obras em praça pública em Miami, na Flórida.

A primeira dama gosta de se meter em polêmicas. Nesta semana ela atacou um padre de S. Paulo que faz caridade nas ruas de São Paulo. Em julho do ano passado, a socialite também já havia pregado contra o socorro dados aos miseráveis nas ruas. Segundo Bia, alimentá-los incentiva-os a ficarem na rua. A primeira dama esqueceu-se apenas de que muitos deles só têm a rua para ficar. Clique aqui para ver o vídeo da declaração.

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here