InícioArtes e EntretenimentoMorre Sinead O'Connor

Morre Sinead O’Connor

Publicado

Foto: Divulgação.

Morre Sinead O’Connor (foto), aos 56 anos. A informação da morte da cantora foi confirmada pelo jornal The Irish Times nesta quarta-feira (26/07). A causa da morte da cantora, porém, ainda não foi divulgada.

Em nota, a família da cantora afirmou: “É com muita tristeza que anunciamos o falecimento de nossa querida Sinead. Sua família e amigos estão devastados e pediram privacidade neste momento tão difícil“.

A artista irlandesa nasceu em Dublin, em 8 de dezembro de 1966, e ganhou fama internacional nos anos 1990 com a música “Nothing Compares 2 U”, escrita pelo cantor Prince. A canção chegou ao primeiro lugar das paradas de vários países, incluindo os Estados Unidos, e foi eleita pela revista Billboard como o single número 1 daquele ano. Escute o hit no vídeo abaixo:

Em 2019, anos depois do lançamento de sua versão da música, em participação no programa “Good Morning Britain”, Sinead revelou que o Prince a agrediu e perseguiu por ela ter feito sucesso com a canção do norte-americano: “Nós nos encontramos uma vez, não nos demos muito bem e tentamos nos agredir. Na verdade, ele tentava me bater e eu tentava me defender, foi uma experiência assustadora“.

A CARREIRA DE SINEAD

Antes disso, Sinead já havia sido aclamada pela crítica com o lançamento de seu primeiro álbum, “The Lion and the Cobra”, de 1987. De acordo com o Irish Times, a artista lançou, ao longo de sua carreira, 10 álbuns de estúdio. O mais recente foi lançado em 2011 e se chama “Home”.

A cantora era uma defensora veemente dos direitos da mulher e protestava contra os abusos cometidos por integrantes da Igreja Católica. Em outubro de 1992, ao cantar “War”, de Bob Marley, no programa norte-americano “Saturday Night Live”, ela rasgou uma foto do Papa João Paulo II ao vivo, o que causou grande polêmica na época.

Oito anos depois deste episódio, em 2000, Sinead afirmou ser lésbica e, com isso, enfrentou o preconceito da indústria. Em 2005, no entanto, disse em outra entrevista que era “três quartos heterossexual e um quarto gay“.

Ao longo dos anos, sofreu com transtornos mentais, até falar abertamente sobre o assunto em 2017 e afirmar que estava cansada de ser chamada de “louca”. Em 2018, Sinead se converteu ao islamismo, quando também trocou de nome, passando a adotar Shuhada ‘Sadaqat.

No ano passado, a artista passou por um trauma quando perdeu o filho, Shane, de 17 anos, que foi encontrado morto na cidade de Wicklow, na Irlanda. Sinead deixa outros três filhos.

Últimos Artigos

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...

Petrobras aumenta a gasolina e o gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (08/07) um reajuste nos preços da gasolina e do...

Mais notícias

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...