InícioLei e governoMilei rejeita pedir desculpas a Lula por ter dito a verdade

Milei rejeita pedir desculpas a Lula por ter dito a verdade

Publicado

O Presidente da República Argentina, Javier Milei, destacou nesta sexta-feira (28/06) que suas declarações a respeito de Lula foram verdadeiras. Dessa forma, o argentino rejeitou a necessidade de pedir desculpas a Lula da Silva (PT) por tê-lo chamado, durante sua campanha, de “corrupto” e “comunista”.

“Qual é o problema que o chamei de corrupto? Por acaso ele não foi preso por isso? E o que eu disse… comunista? Por acaso [Lula] não é comunista? Desde quando tem que pedir perdão por dizer a verdade? Ou estamos tão doentes de correção política que não se pode dizer nada para a esquerda ainda quando for verdade?”, relembrou Milei após pergunta sobre a exigência de Lula. As declarações ocorreram em entrevista ao canal La Nación +.

O presidente vizinho disse que a exigência de Lula de que ele se desculpe é “uma discussão tão pequena, parece discussão de pré-adolescentes”. E lembrou que as coisas que disse “são verdades”.

“É preciso se colocar acima dessas insignificâncias porque são mais importantes os interesses dos argentinos e dos brasileiros do que o ego inflado de algum esquerdinha [‘zurdito’, em espanhol]”, destacou.

Nesta semana, Lula disse que não conversou com o argentino porque ele falou “muita bobagem” e que, dessa forma, esperava desculpas de Milei para ele [Lula] e para o Brasil. O Brasil, entretanto, nunca recebeu qualquer ofensa de Javier Milei.

MILEI FOI ATACADO DURANTE A CAMPANHA

Milei relembrou ainda a intromissão de Lula e do PT na campanha eleitoral argentina e nas ofensas contra ele feitas por Sergio Massa, seu adversário. Durante a campanha argentina, marqueteiros do Partido dos Trabalhadores trabalharam na campanha de Massa.

“Você acha que a campanha negativa que o [ex-candidato Sergio] Massa fez contra mim impulsionada pelo Brasil não foi agressiva? (…) Vão me pedir desculpas pela quantidade de mentiras que disseram durante toda a campanha? Os que mentiram exigem que o outro peça perdão porque disse a verdade?”, expressou.

É a primeira ocasião em que Milei comenta a exigência de Lula de que ele se desculpe por suas falas.

Milei e Lula nunca se reuniram. Na posse do argentino, Lula mandou seu ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, para representá-lo. Na cerimônia, o ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), convidado de Milei, sentou-se em um lugar de destaque, ao lado de outros presidentes presentes.

No mês de abril deste ano, Milei enviou uma carta informal por meio sua chanceler Diana Mondino, que se encontrou com Vieira em Brasília. Nela, propôs um encontro bilateral devido à importância das relações econômicas entre os países.

Leia também:

Últimos Artigos

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...

Petrobras aumenta a gasolina e o gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (08/07) um reajuste nos preços da gasolina e do...

Mais notícias

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...