Lula quer que STF anule as provas que ele e o PT diziam não existir

2
3911
Foto: EBC.

Apesar de passarem os últimos anos repetindo o mantra de que não havia provas contra ele, Luiz Inácio Lula da Silva e sua defesa querem que seus amigos do Supremo Tribunal Federal façam mais uma camaradagem.

Depois de terem aceitado a chicana de que o foro de Curitiba não poderia julgá-lo, Lula quer que seus indicados e de Dilma para o tribunal retribuam os favores anulando as provas contra ele.

Lula e sua defesa sabem que uma vez reiniciado o processo em outro foro, a montanha de provas contra ele deve levar a novas condenações. Diz o jornal Valor, do Grupo Globo:

“A anulação das condenações em Curitiba não inocenta Lula (…). 

Ainda que não haja tempo para uma condenação em segunda instância que venha a tornar o ex-presidente novamente inelegível, não há segurança em relação ao que pode acontecer na primeira instância (…).

A primeira instância é formada por juízes que, egressos diretamente dos concursos públicos, são mais blindados de ingerências. A suspeição de Moro, na avaliação de petistas próximos do ex-presidente, lhe daria mais meios para conter uma eventual sentença de primeira instância.”

 

2 COMMENTS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here