Lockdown de Doria faz número de óbitos saltar de 60 para 90 mil em 35 dias

1
2062
Foto: EBC.

A letalidade por COVID-19 explodiu no Estado de S. Paulo desde a decretação da fase emergencial, o lockdown de João Doria. Iniciado na metade de março, o endurecimento das regras sanitárias no estado fez com que os meses de março e abril – até ontem – totalizassem mais de 30 mil mortes, um terço do total dos óbitos paulistas desde o início da pandemia.

A chacina promovida pelo lockdown de João Doria já vinha sendo denunciada pelo Nova Iguaçu 24h a cada recorde diário de mortes que o estado bateu. O mês de abril já é o recordista absoluto, embora ainda faltem nove dias para terminar o mês.

Apesar da evidente relação entre o confinamento e o aumento do número de casos, a hipótese é omitida das análises do governo estadual e da imprensa. A impopularidade das restrições tem levado o governador a relaxar algumas regras nos últimos dias, mas a reação da mídia tem sido apontar nisso um erro, para que o governo insista na receita letal.

_______
Leia mais notícias:

Insinuação da morte de Bolsonaro leva PF a investigar Boulos

 

 

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here