Funcionário do governo Eduardo Paes prega morte de Bolsonaro

0
299
Foto: Facebook

Um político e militante de Esquerda tem pregado ostensivamente a morte do Presidente da República Jair Bolsonaro nas redes sociais. Trata-se de Roberto Anderson de Miranda Magalhães, de 67 anos, lotado na Diretoria de Planejamento e Projetos da Fundação Parques e Jardins do governo Eduardo Paes na Prefeitura do Rio.

Roberto Anderson é filiado ao PV e já foi candidato a deputado federal, vereador e a vice-prefeito do Rio em 2016 na chapa encabeçada por Alessandro Molon.

O diretor de planejamento da FPJ de Eduardo Paes tem feito posts sistematicamente contra o presidente, chamando-o de genocida e atribuindo a ele as mortes pela COVID-19. Mas o que chamou a atenção foram as exortações à morte de Jair Bolsonaro que fez no Facebook e no Twitter.

Imagem: Reprodução do Facebook.

Além de ocupar o cargo no governo de Eduardo Paes, Roberto ainda é professor universitário na PUC-Rio, tradicional universidade carioca.

Sua postura gerou revolta nas redes sociais com cobranças para que o Prefeito Eduardo Paes e o Reitor da PUC-Rio, Josafá Carlos de Siqueira, demitam-no, respectivamente, do cargo público que ocupa e da cátedra universitária.

Imagem: Reprodução do Twitter.

Os posts em que prega a morte do Presidente da República já foram removidos das redes sociais de Roberto Anderson. Mas sua postura exige providências daqueles que o empregam na prefeitura e na universidade.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here