Doria autoriza acordo educacional com ditadura chinesa

1
2222
João Doria e o seu “patrão”, o embaixador na ditadura chinesa no Brasil, Yang Wanming. Foto: Divulgação/Governo de SP.

O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), autorizou nesta sexta-feira (27/08) que seu secretário de Educação, Rossieli Soares, assine um protocolo de cooperação entre o Governo do Estado de SP e a China. A intenção do acordo é de promover iniciativas conjuntas na educação. A informação foi publicada no Diário Oficial do Estado.

O despacho também fala em autorização para ensino do mandarim (idioma chinês) nas escolas paulistas. O acordo será assinado com o Consulado Geral da República Popular da China no Brasil. 

“Autorizo o Secretário da Educação a representar o Estado de São Paulo na celebração de Protocolo de Intenções com o Consulado Geral da República Popular da China, tendo por objeto a cooperação para a promoção de iniciativas conjuntas na área da educação, intercâmbio cultural, técnico e científico e ensino da língua mandarim no Estado de São Paulo”, diz o despacho.

1 COMMENT

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here