InícioLei e governoBrasilDirigente do Flamengo é expulso de casa pela mulher

Dirigente do Flamengo é expulso de casa pela mulher

Publicado

O dirigente do Clube de Regatas do Flamengo e vereador carioca, Marcos Braz, teve problemas em casa após ser visto com outra mulher na Marquês de Sapucaí no último fim de semana. É que sua esposa, Ana Paula Barbosa, o colocou para fora de casa.

Marcos Braz precisou ir para a casa do pai, na Barra da Tijuca, após ficar desabrigado. O filho, o motorista e dois seguranças o acompanharam.

Braz esteve com a esposa (acima) na Sapucaí nos desfiles oficiais, mas não no desfile das campeãs. Foto: Reprodução.

Posteriormente ao flagrante em clima de intimidade com uma moça, na madrugada de domingo (18/02), no Camarote do King, localizado no setor 8 da Marquês de Sapucaí, no Rio, colunistas de fofoca correram para investigar se o caso era antigo. E descobriram que o dirigente rubro-negro já interagia com a mulher em questão antes do registro do encontro dos dois na Marquês de Sapucaí.

De acordo com a apuração, Marcos Braz já vinha curtindo publicações de Renata Sagaz desde março de 2022.

Marcos Braz é casado há 6 anos com Ana Paula Barbosa e pai de dois filhos. A esposa se pronunciou após o ocorrido.

“Estou me recuperando de duas cirurgias, que fiz em novembro, no cérebro e na cabeça. Estou no meio de um tratamento de radioterapia. Estava em casa dormindo e acordei com essa matéria. No momento é o que tenho a declarar”, ressaltou para esta jornalista.

Ana Paula esteve na Sapucaí durante as apresentações oficiais das agremiações. Contudo, decidiu não acompanhar o marido no desfile das campeãs.

Braz e Renata Sagaz no último sábado na Sapucaí. Foto: Fábia Oliveira/Metrópoles.

Ainda de acordo com a apuração da imprensa, o dirigente e Renata Sagaz, que tem 28 anos, estiveram juntos em grande harmonia durante toda a noite. E foram embora da Sapucaí juntos.

DIRIGENTE MORDEU A VIRILHA DE TORCEDOR EM 2023

Em setembro do ano passado, Braz se envolveu em uma briga com um torcedor do Flamengo num shopping do Rio. Posteriormente, o episódio se tornou um caso de polícia. O torcedor agredido pelo dirigente foi à 16ª Delegacia Policial da Barra da Tijuca e prestou depoimento.

Leandro Campos da Silveira Gonçalves Júnior, de 22 anos, afirmou que foi mordido na virilha por Braz. Câmeras de segurança do shopping confirmaram a agressão.

No início deste mês de fevereiro, Braz e o torcedor chegaram a um acordo para encerrar um processo na Justiça. Dessa forma, as duas partes se acertaram e desistiram das ações judiciais.

______

Em seguida, leia também:

Últimos Artigos

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...

Petrobras aumenta a gasolina e o gás de cozinha

A Petrobras anunciou nesta segunda-feira (08/07) um reajuste nos preços da gasolina e do...

Mais notícias

SBT desmente fake news da Folha sobre Silvio Santos

A assessoria do Sistema Brasileiro de Televisão (SBT) negou nesta quarta-feira (17/07) que tenha...

Confira pesquisa PREFAB para a Prefeitura de Nova Iguaçu

Está tudo embolado na disputa pela cadeira de prefeito de Nova Iguaçu na eleição...

Dirigente do PSOL acusado de assédio

O tesoureiro do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) no município do Rio de Janeiro...