Deputado rompe com Lisboa e anuncia pré-candidatura

0
29
O deputado estadual Delegado Carlos Augusto. Foto: Facebook.

Após litígio político com Rogerio Lisboa, o deputado estadual Delegado Carlos Augusto (PSD) rompeu a aliança com o atual prefeito e anunciou que é pré-candidato a prefeito de Nova Iguaçu.

Carlos Augusto concorreu ao cargo de prefeito na última eleição (2016) e ficou em quarto lugar. Em 2018 foi eleito deputado estadual e em 2019 se aliou a Rogerio Lisboa, controlando a Secretaria Municipal de Segurança Pública através de seu aliado Igor Porto.

Pela aliança entre o grupo do Delegado e o prefeito, a candidatura de vice-prefeito da chapa de Rogerio nas eleições de novembro seria do aliado de Carlos Augusto, Igor Porto. O que se diz na cidade é que Rogerio teria descumprido o acordo com o deputado estadual e teria decidido colocar seu velho aliado Tuninho da Padaria, com quem compartilhava o poder durante o Governo Lindbergh Farias.

Outro que deve ser preterido por Rogerio é o deputado federal Juninho do Pneu, que também foi cotado para compor a chapa com Rogerio.

A IMPORTÂNCIA ESTRATÉGICA DO VICE

A intenção de Rogerio Lisboa é ser reeleito e renunciar ao cargo em abril de 2022 para concorrer ao cargo de deputado estadual ou federal. Isso faria com que dos 48 meses de um eventual segundo mandato conferido pelo povo a Lisboa, ele governasse apenas 15, deixando outros 33 meses para o seu vice.

Na prática, quem for o vice de Rogerio Lisboa, será prefeito, ainda que todos neguem isso hoje. Mas a prática já é velha conhecida da política iguaçuana. Os últimos dois prefeitos reeleitos, Nelson Bornier (reeleito em 2000) e Lindbergh Farias (reeleito em 2008) abandonaram o cargo 15 meses depois para disputar uma vaga no Congresso Nacional.

A REAÇÃO DE CARLOS AUGUSTO

Traído por Rogerio Lisboa, o Delegado Carlos Augusto anunciou a intenção de ser candidato a prefeito na quinta-feira (23/07). Seus aliados anunciam uma chapa puro sangue, com Carlos Augusto para prefeito e Igor Porto como o vice. Nos bastidores, porém, o que se comenta é que com uma chapa puro sangue o candidato não sai do “paddock” e que Carlos Augusto deve buscar aliança com outros opositores de Rogerio Lisboa.

A entrada do pré-candidato do PSD no cenário eleitoral embola ainda mais o quadro que já apresentava outros nove pré-candidatos: Rogerio Lisboa, Rosangela Gomes, Max Lemos, Luiz Novaes, Cornelio Ribeiro, Dr. Letinho, Professora Leci, Professora Raquel e Berriel.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here