CPI das Fake News voltará em setembro para tentar atrapalhar reeleição de Bolsonaro

0
183
Foto: Agência Senado.

Com o fim da CPI da COVID em setembro, a oposição ao Governo Bolsonaro já programa o retorno da CPMI das Fake News, interrompida pela pandemia do novo coronavírus no início de 2020.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD/MG), já deu sinal verde para o presidente da CPMI, Ângelo Coronel (PSD/BA).

A intenção dos deputados e senadores da CPMI é levar a comissão até março de 2022, promovendo desgastes para o Presidente da República até o mais perto possível das eleições do ano que vem.

Os parlamentares pretendem também criar constrangimentos e desgastes para os apoiadores do presidente que atuam nas redes sociais, acusando-os de produzir fake news e desmobilizando-os no apoio ao presidente no ano eleitoral.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here