Comando Vermelho tem seus “dez mandamentos”

0
1357

O jornal O Dia, do Rio de Janeiro, teve acesso a um estatuto do Comando Vermelho e divulgou em reportagem nesta segunda-feira (31/05). Escrito à mão, o documento tem 29 páginas. Nele, os criminosos descrevem a oração na cadeia, além de sua fé em um Deus, que aceita os crimes que eles cometem.

O estatuto é dividido em 15 itens e é assinado por doze traficantes da facção. O mais curioso são os chamados dez mandamentos da quadrilha. Enquanto os dez mandamentos verdadeiros da religião cristã ordenam, dentre outras coisas, o “Não matarás”, nos mandamentos do crime está o de “eliminar os inimigos”.

Os itens do estatuto discorrem sobre diversos temas. O primeiro deles é sobre “atirarem amigo ou boca (de fumo) de amigo”, conduta cuja punição é a morte.

Diz a reportagem, ainda que o estatuto determinar que “aos donos das bocas de fumo cabe contratar advogados, além do envio de material de higiene e uso pessoal, caso algum integrante seja preso”.

Também há regras para as visitas dos familiares: desde não comprar comida na cantina para evitar qualquer confusão, ao uso do banheiro, modo de sentar e olhar para os lados. ‘Cada amigo tem sua neurose, então, vamos respeitar’, diz o texto. Também há regras para o uso do repasse de dinheiro para a quadrilha, uso de drogas, futebol e até empréstimos”, completa.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here