Barroso devolve passaporte de condenado do Mensalão

0
910
Foto: EBC.

O ministro Luís Roberto Barroso mandou devolvero passaporte de Henrique Pizzolato e liberou o ex-diretor de marketing do Banco do Brasil para sair do país.

Pizzolato foi condenado a 12 anos e 7 meses por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro no mensalão. A condenação pelo plenário do STF foi em 2012. No final de 2013, o ministro Joaquim Barbosa ordenou sua prisão.

Na ocasião, contudo, o ex-diretor do BB já havia fugido para a Itália com o passaporte do irmão, morto havia mais de 35 anos. Foi preso pela Interpol no país europeu, em 2014, e extraditado no ano seguinte.

Em 2017, Barroso já havia permitido que Pizzolato saísse da Papuda para cumprir liberdade condicional, com a exigência de pagamento de multa de 2.175 reais por mês, até o valor total de 2 milhões de reais.

No ano passado, o ministro do STF atendeu a mais um pedido da defesa do ex-diretor do BB e declarou extinta a pena que havia sido imposta a ele.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here