Acuado por protesto, Rogerio Lisboa antecipa inauguração do hospital modular

0
214
Foto: Reprodução da Internet.

Após protestos de trabalhadores na porta de sua residência, o prefeito de Nova Iguaçu Rogerio Lisboa decidiu procurar o governador Claudio Castro para antecipar o início do funcionamento do hospital modular do antigo aeroclube.

Previsto para começar a operar em 15 de abril, o hospital modular possui 150 leitos que estão prontos para receber pacientes. Mas, mesmo com leitos ociosos no hospital modular, o prefeito decretou lockdown no município alegando saturação do hospital da Posse.

O protesto barulhento dos trabalhadores nesta segunda-feira (29/03) assustou o prefeito, que deseja prorrogar o lockdown até meados de abril.

Os manifestantes prometeram continuar protestando durante toda a semana e até um Judas do prefeito já está programado para ser malhado no sábado de aleluia (03/04).

A receio das manifestações fez o prefeito procurar o governador e providenciar meios de fazer o hospital modular entrar em operação já no próximo sábado.

A notícia gerou alívio e revolta nos iguaçuanos. Se por um lado há o alívio por novos leitos em operação e a diminuição do risco de se prorrogar o lockdown, por outro espalhou-se a revolta por essa iniciativa não ter acontecido antes, tendo sido preciso um protesto para fazê-lo agir.

O anúncio foi feito pelo prefeito em sua página no Facebook e pode ser conferido aqui.

 

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here